A Calêndula (Calendula officinalis L) é uma planta bastante utilizada como ornamental em muitos jardins, pela beleza e exuberância de suas flores, por exemplo. Mas, desde a antiguidade, ela foi usada na medicina popular pela sua ação anti-inflamatória e suavizante. Dependendo da região, ela pode ser conhecida por bem me quer, malmequer ou maravilha dos Jardins, por exemplo.

Loading...

Como é a flor de calêndula?

A principal parte utilizada para o preparo de infusões (atuando no estimulo do fluxo menstrual ou da bile), de extratos ou loções é sua flor. Suas flores são designadas por capítulos simples ou dobrados, formadas por inúmeras flores liguladas e tubulosas. Seus capítulos podem ter entre 3 e 5 cm de largura que se inserem na planta ao nível das extremidades superiores dos caules

Quais os benefícios da calêndula? Como ela pode ser usada?

Os principais benefícios da flor são encontrados no seu óleo Essencial, abundante em monoterpenos e sesquiterpenos oxigenados, entre eles a carvona, a geranilacetona, a mentona, a isomentona, o cariofileno, a alfa e betaiononas, a pedunculatina e o dihidroasctinidiólido.

Loading...

Óleo de calêndula: para que serve?

O Óleo de Calêndula proporciona hidratação e reforça as funções protetoras naturais da pele. É indicado para hidratação e limpeza de peles finas, sensíveis e delicadas como a dos bebês e das crianças, e nas gestantes pode ser usado para auxiliar na prevenção de aparecimento de estrias. O óleo de calêndula possui propriedades antifúngicas, anti-inflamatórias e antibacterianas que podem torná-lo útil na cicatrização de feridas, alívio de eczema e assaduras causados pelo uso de fraldas. 

Pomada de calêndula

A principal indicação para o uso da flor, é a aplicação tópica da pomada, ou seja, indicada para auxiliar no tratamento da acne, de irritações cutâneas, de queimaduras superficiais, contusões e picadas de insetos e como ativo base na produção de sabonetes.

Sabonete de calêndula

Sabonete de Calêndula é feito a partir das suas flores, que são composta por substãncias que ajudam a diminuir a oleosidade da pele e aumentar a sua tonicidade. O sabonete também é conhecido por suas propriedades antissépticas e cicatrizantes, que agem regenerando a pele. Além disso, ela auxilia no controle de infecções e escoriações.

Loading...

Tratamento de feridas e cicatrização

Para a pele, ela pode ser empregada no tratamento de feridas purulentas e de difícil cicatrização, além de poder atuar na prevenção de assaduras nas crianças, nas dermatites esfoliativas, no tratamento de furúnculos e nas gengivites. Aliás, outra ótima alternativa para tratar lesões na pele, é utilizar loções manipuladas com o Jucá.

Pé diabético

Toda via, essa ação se deve a atuação em conjunto de mucilagens, flavonoides (em especial a quercetin-3-Oglicosídeo), triterpenos e carotenos. Estudos com a planta, concluíram que seu uso tópico também se fez eficaz no processo de reparo de úlceras em pé diabético, por exemplo.

Extrato e tintura de calêndula

Se usado internamente o extrato e a tintura de calêndula para o preparo de infusões, por exemplo, não se deve ultrapassar a quantia de 10 a 15 gramas de flores em 1 litro de água fervente, tomando no máximo 3 xícaras ao dia. Por outro lado, se for para o uso tópico, não ultrapassar a dosagem de 5 a 10% da tintura/extrato em loções, cremes, produtos pós-barba e pós-depilação, além de shampoos, condicionadores e sabonetes.

Loading...

Para que serve o chá da flor da calêndula?

Por mais que a sua indicação seja aplicando tópicamente, a ingestão do chá de calêndula é permitido em pequenas doses, possuindo ótimos benefícios para regularização de ciclos menstruais irregulares (em ação dos flavonoides em sua composição), estimulando a atividade hepática e biliar, servindo como atenuador de espasmos gástricos e intestinais.

Calendula

Para você ter uma ideia, o chá de calêndula ainda é composto ativos como saponinas e calendulosídeo A, D, D2 e F; Por carotenóides como a calendulina, caroteno, licopeno, rubixantina, violaxantina e zeína; Alḿe da presença de flavonóides derivados do quercetol e do isorramnetol; De álcoois Triterpênicos Pentacíclios como arnidiol, faradiol, ácido faradiol-3-mirístico, lupol, taraxasterol, ácido faradiol-3-palmítico; Polissacarídeos: ramnoarabino-glactano e arabinogalactanos; Ácido Málico; Mucilagens; Resina; Goma (calendulina); Taninos; Poliacetilenos; Esteróis: sitosterol, estigmasterol, isofucosterol, campesterol; Por fim, o ácido Salicílico.

Contraindicações da calêndula

Apesar de ser uma planta com baixa toxidade, a flor de calêndula possui contraindicações. Se ingerida em doses elevadas, ela pode provocar náuseas, nervosismo, falta de apetite e depressões.
Foto por: UnconventionalEmma

Loading...

Referências

– A BALBACH. As Plantas Curam
Brasilescola
GreenMe
Saúde/Londrina
Dermomanipulações
Revista Brasileira de Plantas Medicinais

Loading...

Carregar Mais..