O kiwi, segundo publicação do site saberhortifruti, pode ser considerado um “millennial” entre as frutas, já que ao contrário de outras frutas como tangerinas, bananas, abacaxis e melancias, que sempre foram cultivadas e consumidas há milhares de anos, o kiwi só foi introduzido na nossa dieta por volta de 1900. Entre as principais características do kiwi, ele se destaca pela sua casca marrom, a presença de pelos e uma polpa verde, suculenta e de sabor agridoce.

Loading...

Quais os benefícios do kiwi?

Você sabia que o kiwi é um fruto repleto de benefícios? Isso mesmo! Pode não parecer, mas a fruta é composta por vários nutrientes e vitaminas, como a vitamina C, que exerce função antioxidante e pode atuar no combate dos danos e do envelhecimento precoce das células. Além disso, o kiwi é compostos por fibras e minerais como o magnésio, cobre, cálcio, zinco, ferro, potássio, fósforo, e demais vitaminas como a vitamina B6, e vitamina A, niacina, vitamina E, riboflavina, pectina e ácido fólico.

Comer kiwi fortalece o sistema imunológico

Devido a combinação da vitamina A e E, que são as vitaminas principais que compõe o kiwi, temos uma diminuição na incidência de doenças cancerígenas e circulatórias, incluindo as coronárias, além de melhorar o desempenho do sistema imunológico. Uma pesquisa da Universidade de Teikyo, no Japão, indicou que, graças aos polifenóis, o fruto também pode ser uma aliado na prevenção da arteriosclerose, caracterizada pelo endurecimento e estreitamento das paredes das artérias.

Loading...

Melhora a qualidade do sono

Você sabia que pessoas que possuem uma certa dificuldade para dormir durante a noite evitam o consumo de uma série de alimentos antes de dormir? Se você faz parte desse grupo, saiba que o kiwi pode ser consumido durante a noite, inclusive antes de dormir.

Uma pesquisa publicada no Asia Pacific Journal of Clinical Nutrition, evidenciou que o consumo da fruta antes dormir melhorou muito a qualidade do sono de pessoas que possuíam alguma dificuldade para dormir. Eles suspeitaram que o fator que levou a essa indução ao sono foram os altos níveis de antioxidante e serotonina que estão presentes no kiwi.

Equilibra a glicose no sangue

Uma ótima notícia, principalmente para diabéticos: o kiwi ajuda a equilibrar os níveis de glicose no sangue. Como já sabemos, nosso organismo depende da insulina para manipular corretamente a glicose que obtemos por meio da nossa alimentação diária. A partir do momento que existe uma ausência total ou parcial do hormônio, acontece uma interferência na queima correta desse açúcar, transformando-se posteriormente na conhecida diabetes.

Loading...

O kiwi, devido ao seu alto teor de fibras e baixo índice glicêmico, ele ajuda a equilibrar os níveis de glicose no sangue, além de promover a sensação de saciedade por mais tempo. Desta forma, o kiwi pode ser considerado como uma fonte segura de fibra que irão auxiliar no controle do diabetes.

Regula o bom funcionamento do intestino

Estudos mostram que as suas fibras também possuem uma grande capacidade de reter água, auxiliando na formação do bolo fecal e equilibrando o trânsito intestinal. Além disso, a enzima que compõe o fruto, auxilia na digestão das proteínas. Por outro lado, a enzima actinidina, auxilia na absorção das proteínas ingeridas de outros alimentos como a carne branca ou vermelha, cereais, legumes, ovos e leite.

Como consumir o kiwi?

Seguindo algumas dicas do site brasilescola, podemos aproveitar melhor as propriedades nutricionais do kiwi consumido o fruto ainda in natura, logo após ser descascado. Porém, você também pode usar o fruto na produção de outros produtos, como polpas, sorvetes, geleias, doces e licores. Vale salientar que o fruto pode também ser congelado para ser utilizado posteriormente, o que garante um maior tempo de conservação.

Loading...

Carregar Mais..