Campeão dos temperos e dos remédios, graças aos seus benefícios, a fruta azedinha é a grande aliada do organismo para manter a saúde e o sistema imunológico em dia. No Brasil, o chamado limão-galego e o limão taiti, na verdade, não são limões e sim limas ácidas. Para muitos, o limão é considerado um santo remédio para emagrecer, devido aos seus nutrientes e vitaminas.

Contudo, devido ao sabor azedo e a sua característica ácida, muitas pessoas ainda tendem a repudir o fruto, alegando ser uma fruta agressiva para estomago, que acidifica o sangue e enfraquece o organismo. Para esclarecer certos mitos envolvendo o limão, estaremos trazendo este artigo.

Diferença entre Limão e Lima

As principais diferenças entre limões e limas ácidas, são o tamanho e o gosto ligeiramente diferenciado, pois os limões possuem sabor um pouco mais suave. Fora isso, as limas rendem mais no preparo de sucos.

Para que serve tomar suco de limão?

Conhecido por muitos como um santo remédio, o limão é um fruto composto por diversos nutrientes, vitaminas e substâncias como o bioflavanoide quercertinado, que estimula o sistema imunológico do corpo e a produção de insulina, ajudando a equilibrar o açúcar do sangue do corpo, por exemplo. Além disso, ele é composto pela pectina, que estimula a produção da bílis e apoia o órgão do pâncreas (a pectina auxilia na perda de peso moderando desejos de comer) e o limoneno, que é capaz de combater os radicais livres.

O limão ajuda no combate a gastrite

Verdade: por ser uma fruta rica em potássio, estimula a produção do carbonato de potássio no organismo, promovendo a neutralização de acidez do meio. Além disso, o ácido cítrico facilmente se combina com minerais livres, controlando a acidez estomacal e regenerando tecidos. Porém, quem possui algum tipo de gastrite, deve anteriormente procurar um médico!

Limão faz mal para o estômago

Mito: o suco do fruto não é nocivo para o estômago. Mas antes, é necessário observar se a fruta é aceita pela pessoa que estará a ingerindo!

Tomar suco de limão emagrece

Verdade: mesmo que não possa parecer, o limão ajuda a emagrecer. Ele é uma rica fonte de vitaminas e possui propriedades diuréticas, que atuam no processo de desintoxicação e “desincha” o corpo.

Limão ajuda a combater a má digestão

Verdade: se for ingerido antes das refeições, o suco da fruta pode ajudar no controle da má digestão. Além disso, ele aumenta a absorção de certas vitaminas presentes em carnes e verduras.

Limão deixa o sangue ácido? ou afina o sangue?

Não, pelo contrário. Além da fruta ser rica em potássio, ela estimula a produção do carbonato de potássio no organismo, promovendo a neutralização de acidez do meio. Mesmo ele sendo ingerido na forma ácida, pelo teor de ácido cítrico, quando em contato com o meio celular, no organismo, ele é transformado na digestão e comportando-se como um alcalinizante. Os seus diversos sais convertem-se em carbonatos e bicarbonatos de cálcio, potássio, etc, os quais concorrem para acentuar positivamente a alcalinidade do sangue. Com certeza muitos já ouviram dizer: “Pra gripe é bom tomar limão”. É está correto. O chá de limão tem grande poder de cura no tratamento de gripes e resfriados.

Serve para tirar manchas de pele

Mito: mesmo que o limão seja ótimo na remoção de alguns tipos de manchas em roupas, utensílios domésticos, entre outros, ele não deve ser aplicado diretamente na pele. Quando aplicado diretamente na pele, o limão pode provocar queimaduras sérias.

O limão estimula o sistema imunológico

Verdade: a fruta possui substancias como o bioflavanoide quercertinado, que estimulam o sistema imunológico do corpo e a produção de insulina, ajudando a equilibrar o açúcar do sangue do corpo.

Além disso, ele possui propriedades antibacterianas, que auxiliam no tratamento da dor de garganta, além de propriedades antipiréticas, que atuam contra os resfriados e gripes.
Foto por: TIM HOGGARTH

Referências

– BALBACH, A. Plantas que curam.

Carregar Mais..