A Fitoterapia é uma técnica que consiste no estudo das plantas para restabelecer a saúde através da prevenção e tratamentos de alguma doenças como, por exemplo o uso de fitoterápicos para enxaqueca. A fitoterapia se baseia no poder de cura de determinadas plantas, flores, arvores e ervas para estimular nosso sistema pessoal de cura. Desta forma, ela age restabelecendo a energia vital que atua mantendo a saúde global da pessoa: física, mental e emocional.

Qual a finalidade da fitoterapia?

A fitoterapia tem como finalidade estimular as defesas naturais do organismo através de medicamentos fitoterápicos. De acordo com a Anvisa, um medicamento fitoterápico é classificado com um remédio produzido a partir de vegetais ou plantas medicinais que possuem ação terapêutica, seja ele seja um extrato, tintura, pomada, ou cápsula, que utiliza como matéria-prima qualquer parte de uma planta com conhecido efeito farmacológico.

A fitoterápicos serve contra todas as doenças?

Por mais benefícios que os medicamentos fitoterápicos possuam, é importante frisar que eles possuem ação terapêutica lenta, não sendo recomendado seu uso nas emergências médicas. Normalmente, eles são indicados pela população para doenças como gripe, problemas digestivos e intestinais, doenças circulatórias, insônia e no tratamento do estresse e do cansaço.

Loading...

Áreas que a fitoterapia atua

A fitoterapia se dividiu em duas áreas: a dos remédios caseiros, indicados para primeiros socorros, que as pessoas normalmente tinham a mão e com menos importância; e os remédios profissionais, mais especializados, fortes e raras que requeriam conhecimento.

Medicina alternativa praticada no passado

No passado foram praticadas medicinas alternativas tradicionais, como colocar pão embolorado em ferimentos (a penicilina primitiva), ou beber urina de égua contra infertilidade (alguns produtos de terapia para reposição de hormônios são feitos a partir da urina de égua). Há um vasto campo em que se podem utilizar as plantas como tônico fortificante e para manter o bem estar.

Riscos associados ao uso indiscriminado de fitoterápicos

Existe uma crença popular que acredita que o uso de plantas medicinais não é isento de risco. Porém, além do princípio ativo terapêutico, a mesma planta pode conter outras substâncias tóxicas, que podem ser prejudiciais para a saúde, podendo causar desde intoxicações, enjôos, irritações, edemas (inchaços) e até a morte.

Loading...

Referências

Fitoterapia: sementes do saber / Non Shaw. São Paulo; Avatar, 1999.
– www.ufjf.br/proplamed/fitoterapia/

www.abfit.org.br
Saocamilo
Efdeportes

Loading...
Carregar Mais..