Da mesma família da margarida, a bardana é uma planta de raiz longa e delgada com textura crocante e sabor adocicado, sendo muito apreciada pelos japoneses. No Japão, a raiz é conhecida por “gobô” e cultivada em duas variedades, onde é muito utilizada como alimento, principalmente na culinária japonesa, na qual podemos encontrar pratos típicos que usam a raiz como base: com talo verde e arroxeado.

Porém, você pode abusar da criatividade e aplicá-la no preparo de diversas receitas, incluindo molhos e temperos. No Brasil, por exemplo, a raiz é servida como acompanhamento em pratos de restaurantes japoneses, onde é refogada com shoyu, pimenta dedo-de-moça e saquê doce. Além disso, ela possui grande fama na medicina natural, podendo auxiliar no tratamento de diversas doenças de pele e bacterianas.

Quais os benefícios da flor da Bardana?

De acordo com nutricionistas, a flor da bardana é fonte de proteínas, glicídios, fibras, cálcio, fósforo, ferro, vitamina A, vitamina B1, riboflavina e niacina, além de ser fonte de sais minerais. Além disso, da raiz pode ser extraído seu óleo essencial, que é composto por 45% de inulina; taninos; mucilagens; resina; polifenóis; ácidos graxos; sais minerais, carbonato e nitrato de potássio; composto antibiótico (semelhante à penicilina); um glicosídeo denominadolapina; fitosteróis (sitosterol e estigmasterol); ácidos orgânicos.

Loading...

O chá de bardana é indicado para vesícula?

Devido as suas propriedade diuréticas e anti-inflamatórias, o chá de bardana pode agir no tratamento de furúnculos, abcessos, dermatoses purulentas, acne, eczemas, gota, reumatismo, amigdalite, dor de garganta e artrite, além de auxiliar a eliminação de ácido úrico. Aliás, assim como o chá de boldo, o chá da raiz ou da flor, é um ótimo remédio caseiro para a vesícula, devido a sua ação anti-inflamatória, que ajuda na redução da inflamação da vesícula e ainda estimula a produção da bile e a eliminação da pedra na vesícula pelas fezes. Inclusive, a raiz já possui fama de planta medicinal desde a Antiguidade, onde a flor já era conhecida e utilizada pelos gregos como medicamento.

Ao longo dos anos, análises evidenciaram as propriedades da raiz, incluindo ação bactericida, combatendo inúmeras doenças de pele, além de auxiliar no alivio da dor e evitar o inchaço decorrente de picadas de insetos e de aranhas. O composto antibiótico da Bardana, favorece a ação contra furúnculos, abcessos, entre outras feriadas e ulcerações, sendo eficiente para tratamentos de afecções no trato genital.

Tomar chá de bardana emagrece?

Por mais que a bardana possua propriedades que atuem no organismo favorecendo na eliminação da retenção de líquidos, o chá de bardana não é indicado como unica fonte para emagrecimento. Algumas pessoas acreditam que somente ingerindo o chá da bardana emagrece, porém esse efeito é confundido com sua ação que irá eliminar o líquido retido no organismo.

Loading...

Pode usar o óleo de bardana para os cabelos?

Você sabia que é possível usar o óleo de bardana nos cabelos? A presença de vitamina A no óleo da flor, favorece o fortalecimento dos cabelos. Além disso, para o uso externo, o óleo também pode ser aplicado no preparo de pomadas, cremes, loções capilares e shampoos, podendo ser eficaz contra a queda de cabelos e seborreias.

Como fazer o chá de bardana com folhas secas?

É muito fácil e prático fazer o chá de bardana com as suas folhas secas. Para preparar,  você deve colocar 1 colher (de sopa) das folhas seca da flor dentro de uma panela com 300 ml de água e ferver por dez minutos. Depois desse tempo, coe a mistura e deixe ela repousar por 5 minutos ou até esfriar. A indicação é beber de 2 a 3 xícaras do chá de bardana por dia para garantir os melhores resultados e benefícios.
Foto por: manuel m. v.

Referências

Loading...

Folha
Oficinadeervas
Florien
Yamaguihi

Carregar Mais..